sábado, 9 de novembro de 2013

Mês das abóboras.


Queridos leitores,

Obrigada pela paciência! Por pouco quase perco a chance de postar esta receita, que fiz ontem para levar para uma reunião. De fato as abóboras só aparecem na Alemanha depois do Verão, a partir do fim de Agosto. Eu aproveito para fazer minhas receitinhas com elas e aí está uma receita que ainda não tinha publicado aqui.

Esta receita se tornou a minha versão preferida da famosa Pumpkin Pie americana! Originalmente ela  é um tanto complicada, mas eu descompliquei usando a base da tarte da outra receita que já publiquei por há uns alguns anos atrás e que é muito boa e prática. Já este recheio... hummm é delicioso demais! Já fiz a tarte anteriormente para levar à festinhas nesta época do ano, mas nunca conseguia tirar uma foto, de tão rápido que era consumida! E o que há de especial neste recheio? Bem, o creme é pré-cozido e leva "sour cream" e claras em neve.  O ele fica então bem mais leve e aerado, sem aquela consistência  mais pesada de purê, ainda assim preserva o sabor intenso de abóbora e especiarias. Eu não gosto de gengibre em pó e substituo por cravo. Já a noz-moscada eu substitui desta vez por cardamon, que é mais leve. Vale a pena o trabalho gente!  Muitos me procuram pedindo esta receita depois de prová-la.

Tenho ainda bastante purê de abóbora congelado e acredito que esse será um mês com mais receitas de abóboras aqui no Domingas! Bom fim-de-semana para vocês!


TARTE DE ABÓBORA E SOUR CREAM
(Sour Cream Pumpkin Pie)
Fonte: Recheio -- Gourmet  Magazine 2004
Rendimento: uma forma para torta ou quiche de 22 cm.

Ingredientes para a massa:

1 e 1/4 de xíc. de farinha de trigo*
1/2 xíc. de açúcar de confeiteiro
100 gr. de manteiga gelada, cortada em pedacinhos
2 col. de sopa de creme de leite ou sour cream( se sobrar)
Papel alumínio para forrar

Recheio:

1 1/2 xíc. de sour cream (360 ml)
1 1/2 xíc. de purè de abóbora (364 gr.)
3  ovos, separados (claras em neve)
1 xíc. de açúcar marrom claro (ou normal)
1/4 de col. de chá de canela moída
1/4 de col. de chá de gengibre moído (uso 1/8 de cravo moído)
1/4 de col. de chá de noz-moscada moída (usei  cardamon)
1/4 de col. de chá de sal
 

* Xícara - 240 ml

Instruções:
Primeiramente faremos a massa. Esta também pode ser feita antecipadamente. Pré-aqueça o forno à 170°C. Unte a forma a ser usada e reserve.

Misture todos os ingredientes para a massa, exceto o creme de leite. A  amasse até formar uma farofa. Depois junte o creme de leite (ou sour cream) e trabalhe a massa com as mãos até que fique homogênea. Cubra a  o fundo e os lados forma com a massa e leve à geladeira por pelo menos 30 minutos.  Depois retire da geladeira e forre, pressionando por cima de toda amassa (fundo e lados), com papel alumínio. Asse por 10 minutos, depois retire o papel alumínio e asse por mais 10 minutos ou até  dourar. Retire do forno e deixe-a esfriar.

Enquanto a massa esfria, faça o recheio. Para isso você precisará de uma panela  para fazer um banho-maria e um vasilhame que caiba certo na boca da panela. Coloque a água para ferver na panela e depois deposite o vasilhame acima. Adicione inicialmente só uma xícara de sour cream e sempre misturando, deixa ficar morno. Junte agora o puré de abóboras, as gemas, o açúcar, as especiarias e o restante do sour cream. Misture bem por cerca de 6 minutos (ou até atingir a temperatura de 85|C, se tiver termômetro). Retire o vasilhame de cima da panela e coloque-o numa bacia de água gelada. Mexa de vez em quando por 15 minutos. Bata as claras em neve. Adicione-as misturando delicadamente ao creme já esfriado. Derrame o creme sobre a massa e leve para assar por cerca de 40 minutos ou até ele ficar todo estufado. Retire a tarte do forno e deixe-a esfriar por pelo menos 2 horas antes de colocá-la na geladeira. Sirva fria ou em temperatura ambiente. O ideal é fazê-la no dia anterior  para que os sabores se intensifiquem. Bom apetite!


7 comentários:

  1. Ficou bem bonita! E eu até gosto MUITO de abobrinhas e abóboras, mas tirando uma sopa creme ou um doce de colher, sou dura para aceitar outras coisas, enfim... rss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clau,

      Se você gosta de doce de colher, vai gostar de pumpkin pie. Muitos aqui na Alemanha ficam um pouco desconfiados quando descobrem que se trata de uma torta doce, mas para quem está acostumada com doce de abóbora e ainda por cima gosta de especiarias, vale a pena prová-la. Minha mãe faz um doce de abóbora com côco e coloca cravinhos para dar gosto. Eu sempre adorei este sabor, por isso não foi difícil cair de amores pelas Pumpkin Pies... ;-)

      Excluir
  2. Oi Deia,
    Por aqui não vende o sour cream, mas pelo que pesquisei seria o creme de leite azedo. É isso mesmo?
    Essa torta é maravilhosa mesmo!
    Beijoss
    Dri ;)

    ResponderExcluir
  3. Adoro tudo que leve abóbora, e esta tarte para além de bonita ficou com um aspecto delicioso e a cor ainda mais apetitosa.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Eu comia este tipo de torta nos EUA mas, confesso, tb não era muito fã. Eu faço MUITO doce de abóbora com coco, como aprendi com a minha mãe e minha avó, mas aqueles com casquinha seca, que se vendem prontos, eu tb não gosto. Enfim...

    ResponderExcluir
  5. Já fiz e gostei muito. Estou a publicar no blogue também.
    Boa semana.

    (nos teus ingredientes, na noz-moscada é apenas "col." em vez de "xic."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renato!

      Obrigada pela correção! Estou um pouco atrasada aqui no blog também, mas vou visitá-lo no Pão, Bolos e Cia , não me esquecerei! Estou curiosa com a sua opinião sobre a tarte! :)

      Bjs

      Excluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin