domingo, 21 de julho de 2013

Panquecas suculentas sem stress.


Oi queridos!

Aqui estou eu de volta com uma receita ótima para os fãs de panquecas como nós aqui em casa. Hoje cedo lendo o jornal, notei uma coluna muito legal falando sobre a culinária da infãncia. A jornalista dizia que a mãe não tinha muito talento para cozinhar e por isso ao visitá-la recentemente, se surpreendeu com essas panquecas deliciosas. Pediu a receita e agora vamos espalhá-la pela net, porque não tem nada mais fácil de fazer!  Não sei como é com vocês, mas costumo me estressar um pouco ao fazer panquecas. Luto para não me distrair e para que fiquem no ponto e não queimem ou fiquem ressecadas, mas esta receita dá tudo certinho, sem stress! :) Os ingredientes surpreendem um pouco e acho que são parte do segredo para que fiquem suculentas, além também de uma técnica um pouco diferente de fazẽ-las.

Aproveitei para estrear o Mixer que ganhei de aniversário! Já comentei por aqui, que evito comprar aparelhos para cozinha, pois acabamos por usá-los muito pouco e eles tomam espaço nos armários. No entanto, o presente foi bem recebido e agora que o testei, adorei! O meu veio também com um mini-processador e um batedor. Usei o processador para triturar a aveia, pois só tinha a integral, e depois fui adicionando os outros ingredientes. Muito prático, principalmente para fazer receitas em pouca quantidade! Agora vamos às panquecas! 

Beijos e até a próxima!


PANQUECAS SUCULENTAS
Fonte: TAZ
Rendimento: 5 panquecas à 15 cm de diâmetro.

Ingredientes:
2 ovos
1 col. se sopa de açúcar (ou à gosto)
açúcar baunilhado à gosto (esqueci)
4 col. de sopa de iogurte natural
4 col. de sopa de farinha de trigo
4 col. de sopa de flocos de aveia fino


Intruções:
Bata tudo no processador ou liquidificador ou misture a mão, como preferir. Reserve. A consistência fica um pouco mais rala do que a, por exemplo, a de leite condensado. Dependendo do iogurte pode ser que fique mais consistente, no caso, acrescente um pouquinho de água.

Aqueça uma frigideira pequena em fogo médio e derreta um pouco de margarina. Com a ajuda de uma concha, derrame a massa bem no meio da frigideira. A quantidade deve ser o suficiente para formar um disco de 15 cm, sem precisar mexer na frigideira. Agora utilize uma tampa e deixe a panqueca aquecer por um minuto. Levante a tampa e se a parte de cima estiver seca, já é hora de virar a panqueca. Tampe novamene e espere um minuto . Verifique se a cor está como desejada. Retire e coloque brevemente sobre um papel toalha. Transfira para um prato. Repita a operação. Sirva com açúcar de confeiteiro polvilhado, compotas ou com frutas frescas. Bom apetite!!!



8 comentários:

  1. Andrea, ontem mesmo preparei uma receita de crepe (daqueles bem finos e sequinhos)p serem recheados com creme de avelã e frutas!Gostei muito da sua sugestão que leva aveia e iogurte, bem saudável e com certeza deixa a massa mais saborosa!
    Bom domingo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coicidência! Aqui estava calor e saboreamos com apena açúcar de confeiteiro polvilhado.

      Excluir
  2. E eu que ano com tanta vontade de comer umas panquecas, estas estão com uma cor deliciosa, gostei muito.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Oi Deia,
    Eu nunca imaginaria usar esses ingredientes numa massa de panquecas ;)
    E apesar de amar doces eu sempre fiz panquecas salgadas. Tá na hora de experimentar né?
    Adorei a dica da tampa pq me estresso com o ritual de faze-las rsrsrsr

    Beijossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dri! Não sei se esta técnica de fazer panquecas com tampa dá certo com outra receita, mas vale a pena tentar, não é?

      Bjs

      Excluir
  4. Interessante estes ingredientes em uma massa da panqueca...! Em casa sempre fazemos, isto desde que me conheço por gente. Minha mãe usa uma boa receita da General Eletric, do século passado. E eu, desde idos 80, sempre faço aquela do Jeff Smith (lembra dele?...rss)que é muito, mas muito prática e essencial. Mas confesso, Andrea, que fiquei super curiosa e vou fazer esta sua tb!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não lembro do Jeff Smith... também naquela época eu mal sabia fazer um arroz! :D Olha, apesar dos ingredientes um tanto estranhos, se você fizer e não contar, ninguém vai pensar que tem algo diferente na massa. Quem é mais gourmet vai notar que é suculenta e tem menos gosto de ovo.

      Bjs

      Excluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin