domingo, 8 de maio de 2011

Käsekuchen Recheado



Para as mães e para os filhos, um Feliz Dias das Mães! :-) Hoje é dia de comer comida boa!!!

Aqui vai uma estória da nossa última viagem, que aconteceu na Páscoa: Fomos à uma cidadezinha histórica no bem no centro da Alemanha! Lá encontramos defícias regionais, mas o que me chamou particularmente a atenção foi mesmo um café especializado em "Käsekuchen" (cheesecake alemão, feito com queijo Quark)! O café me chamou a atenção por estar com suas mesas na calçada sempre cheias e um grande cartaz anunciando que Käsekuchen era confeccionado lá mesmo, com produtos naturais. Havia um grande banco para os clientes que não queriam sentar-se nas mesas com uma frase engraçada no encosto: "Amantes do cheesecake são por consequência simpáticos". Hahaha! E vi pela primeira vez cheesecakes recheados! As mais variadas opções de cheesecake (no repertório do café são 60 variações, mas naquele dia que eu me lembre eram 20), com recheios de diferentes frutas e misturas inusitadas de sabores! Eu não sabia o que escolher e asim a vendedora me recomendou um recheado de banana e cereja! Gente, foi o melhor cheesecake que comi na vida! Voltei para casa pensando em criar a minha versão e para isso tive que misturar diferentes receitas... E aí está! Pode-se variar o recheio conforme a criatividade de cada um. A única coisa que me arrependo foi por ter colocado a massa na forma de 22 cm, o que deixou o Käsekuchen um pouco baixo. Na próxima vez usarei a minha mini- forma de aro desmontável com 18 cm de diâmetro. O resultado foi aprovado e ficará no meu repertório! Boa semana!!!

KÄSEKUCHEN RECHEADO
Fonte: Chefkoch( só massa de queijo)
Rendimento: para uma tarte alta de 18 cm ou baixa de 22 cm

Ingredientes:

Massa da base:
100 gr. de biscoito tipo Maria
70 gr. de manteiga amolecida ou margarina

Recheio:
200 gr. de morangos cortados
1 maçã, descascadas e cortada em pedacinhos
1 a 2 col. de sopa de açúcar
1 col de chá rasa de maisena com um pouquinho de água

Massa de queijo Quark:
100 gr. de manteiga amolecida em 4
125 gr. de açúcar (usei só 100 gr.)
1/2 pacotinho(1/2 col. de sopa) de açúcar baunilhado
3 ovos
casca de limão (opcional)
500 gr. de queijo Quark magro (2% de gordura)*
50 gr. de farinha de trigo
1/2 col. de chá de fermento químico para bolos

*Quark magro = acho que dá para substituir por Philadelphia light.

Intruções:
O recheio pode ser feito um ou dois dias antes e guardado na geladeira, ou algumas horas antes, para que esfrie antes de ser utilizado. Para fazê-lo, leve todos os ingredientes numa panela e deixe engrossar um pouco antes de adicionar a maisena desfeita em água. Cozinhe por um minuto, retire do fogo e deixe esfriar. Reserve

Para fazer a base de biscoito, coloque-os num saco plástico resistente e passe o rolo de massa por cima, diversas vezes até que fiquem bem triturados. Depois de triturados, coloque-os num vasilhame e misture bem a manteiga e a farinha, formando uma farofa. Forre o fundo da forma com papel manteiga (ou unte ligeiramente com margarina) e unte os lados da forma só com margarina. Distribua aí a farofa só pelo fundo da forma , apertando um pouco para formar uma base. Reserve.

A massa de queijo Quark é feita como um bolo. À parte, misture a farinha com o fermento e reserve. Bata a manteiga amolecida com o açúcar e o açúcar baunilhado até formar um creme esbranquiçado. Junte os ovos um a um, batendo bem entre uma adição e outra. Junte a casca de limão se for o caso e depois a mistura da farinha. A massa deve estar bem homogênea. Por último, adicione o queijo Quark. Misture bem e se certifique que a massa está homogênea e bem misturada. Coloque metate da massa sobre a base de biscoito, depois coloque o recheio deixando um espaço sem recheio nas bordas. Cubra com o restante da massa.

Leve ao forno pré-aquecido à 175 C, por cerca de 50 minutos ou até estar ligeiramente dourado. Desligue o forno e deixe-o lá dentro por mais 15 a 20 minutos. Retire do forno e espere esfriar para colocar na geladeira. Sirva de preferência gelado. Pode ser congelado.



10 comentários:

  1. Aqui não encontro quark mas tendo philadelphia também poderá ser uma boa substituição :) Parece muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Tudo de muito bom! Adorei!
    Poder variar os sabores é uma ótima possibilidade.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  3. Imagino a indecisão na escolha do sabor(es) preferido(s).
    Eu gosto muito de cheesecake de forno, mas efetivamente nunca experimentei recheado. Normalmente cubro com doce de morango ou frutos vermelhos, mas não é uma cobertura cozinhada com o bolo, por isso este é bem diferente.
    Não tenho hipótese, é mais um para a lista :)

    ResponderExcluir
  4. Na minha infância não tinha consciência da boniteza do mexer nas panelas. Hoje, sim! Consigo ter clareza da importância, de tantas e tantas vezes, ver a minha mãe com as mãos sujas de farinha e ovo, preparando bolos, pães e tantas outras delícias. Agora sei, ela estava fazendo muito mais que nos alimentar.

    ResponderExcluir
  5. Um "cheesecake" assim em dose dupla é o maximo!!! rss
    Qdo faço doces deste tipo costumo substituir com a ricotta italiana, com excelentes resultados.
    No Brasil a ricota ja não é assim aquela coisa e não da tão certo...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Ai que invejinha boa de você!! Foi passear num lugar mágico e conheceu diversos sabores dessa delícia...
    Lindo que ficou, mesmo que "baixinho".
    Beijos e Feliz Dia das Mães!
    Dri.

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro Käsekuchen! Vou levar a receita.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pelas visitas! Olha, a dica da Clau é ótima gente! O queijo Quark magro tem pouquíssima gordura, no entanto, sabemos que a gordura é um acentuador de sabor, sendo assim, acho que quem quiser utilizar a receita com um queijo mais gordo não encontrará problemas. Deve apenas resultar num cheesecake mais cremoso e claro, mais calórico.

    Beijos,

    Andréa

    ResponderExcluir
  9. Andrea,será que com ricotta funciona ou essa consistência não serve?

    ResponderExcluir
  10. Querido anônimo, por favor assine o nome no final da pergunta da próxima vez, tá?

    Veja o comentário da Clau. Ela mora na itália e costuma usar ricota nos cheesecakes e dá certo. Quaquer coisa usa queijo tipo Philadelphia light.

    Bjs,

    Andréa

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin