quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Torta Alemã Zebrada!


Olha o que fiz no fim-de-semana! Sei que estou atrasada, mas resolvi tirar um tempinho para postar no meio da semana mesmo! Aí está o resultado do que fiz para uma encontro dos nossos parentes aqui! Os organizadores da festa me pediram para levar uma "torta", só que aqui na Alemanha, torta tem um significado diferente do que estamos acostumados no Brasil. Na maioria das vezes, eles se referem como "torta", um bolo com base, ou camadas, de pão-de-ló com topo ou recheios de creme. Muitas vezes o recheio também leva frutas com o creme. Portanto, as tortas são geralmente de preparo mais sofisticado e são também grandes. Sendo assim, são raras as vezes que as faço.

Meus arquivos contêm pouquíssimas receitas deste tipo. Fui buscá-la então no Chefkoch, site alemão com receitas partilhadas, no entanto, fiz a "minha" receita de pão-de-ló, que dá sempre certo. O creme é delicioso e o efeito zebrado é fácil de conseguir, acreditem! As pessoas se impressionam com a aparência desta torta e pensam que foi encomendada na Confeitaria! ;) A torta ganha sabor com os dias. Ela precisa ser feita no dia pelo menos na noite anterior, guardada na geladeira e só desenformada antes de servir. Um grande beijo!


TORTA ALEMÃ ZEBRADA
Fonte: Chefkoch(creme)
Rendimento: Torta de 28 cm(16 a 18 fatias)

Ingredientes para o pão-de-ló:
4 ovos(separados)
3 col.de sopa de água fria
170 gr. de açúcar
80 gr. de farinha de trigo
80 gr. de amido de milho
1 col. de chá de fermento químico
1 col. de sopa de açúcar baunilhado
1 col. de sopa de chocolate culinário em pó

Ingredientes para o creme:
4 gemas(congele as claras!)
200 gr. de açúcar
250 ml de leite
1 limão (suco)
10 folhas de gelatina incolor
750 gr. de queijo tipo Quark(magro)
600 ml de creme de leite
frutas maduras da estação(opcional - usei 3 pêras)
*açúcar de confeiteiro à gosto para o creme escuro
2 col. de sopa de chocolate culinário em pó

Instruções:
Prepare primeiramente o pão de ló: pré-aqueça o forno a 170ºC. Cubra o fundo de uma forma de aro removível com papel manteiga. Não precisa untar os lados, pois ajuda a massa a crescer mais. Alternativa para a forma é usar um aro para confeitaria, colocá-lo num tabuleiro forrado com papel manteiga.

Primeiramente, peneire as farinhas, o fermento e o cacau. Misture e reserve. Bata as claras como o açúcar, até ficarem bem firmes. Faça o teste com uma faca, fazendo um corte nas claras, que deixará uma fenda. Junte aos poucos o açúcar e o açúcar baunilhado e bata lentamente até que não se ouça mais o "estalar" do açúcar. Continue com a velocidade baixa e junte as gemas uma a uma, misturando sempre até formar uma massa homogênea. Agora com a ajuda de uma colher de arame, acrescente aos poucos a mistura da farinha e vai misturando de cima para baixo, delicadamente envolvendo as farinhas na "espuma" de ovos. Coloque na forma preparada e leve ao forno por cerca de 35 minutos. Depois desse tempo, abra o forno e faça o teste do palito bem no meio. Se estiver seco, retire o bolo do forno e deixe esfriar. Depois de frio, desenforme os lados (se a forma for de aro removível)e caso esteja torto, corte o topo para que fique nivelado. Coloque o aro de volta. Se for servir em um prato especial, retire-o da forma, mas retorne o aro, para "segurar" o creme e a base juntos enquanto ele endurece até o dia seguinte. Eu usei um aro culinário, que é mais alto, mas que faz o mesmo efeito.

O creme:
Coloque para ferver numa panela o leite, o suco de limão e o açúcar. Deixe ferver uns dois minutos. Deixe esfriando. Prepare as folhas de gelatina como o indicado (hidratando, etc) e depois desfaça-as na mistura do leite, que deve estar apenas morna. Reserve. Bata o creme de leite como para chantilly. Reserve. Numa outra vasilha, bata o queijo Quark, para torná-lo cremoso. Depois acrescente manualmente e delicadamente, o chantilly e por último o creme de gelatina(que ainda estará morno e mole). O melhor é usar uma colher de arame, mas qualquer colher que ajude a misturar está bem. Divida o creme em duas partes iguais. À uma delas, acrescente o cacau em pó peneirado e um pouco de açúcar de confeiteiro peneirado à gosto, equilibrando o sabor amargo do chocolate.

Montagem:
Sobre a base de pão-de-ló, arrumar os pedaços de fruta. Agora comece colocando bem no meio da base uma colher bem cheia de creme, seja ela qual for. Por cima dele coloque uma colher do outro creme e assim continue alternado. Não misture nada! A massa vai se espalhando para os lados, conforme as colheradas de creme vão sendo acrescentadas! No final, caso haja mais creme de um lado do que o de outro, incline um pouco a torta, para que ele se espalhe livremente. Guarde a torta na geladeira até a hora de servir. Polvilhe com cacau, se desejar. Bom apetite!!!

6 comentários:

  1. Que torta linda Deia !!!!
    E realmente não é dificil faze-la ficar zebrada. O sabor deve ter ficado divino...
    Beijosss.
    Dri.

    ResponderExcluir
  2. Andrèa, sò vc mm para encarar estes desafios com tanta tranquilidade, assim...
    Pq eu, com certeza, teria me descabelado toda de afliçao! rss
    E o visual. realmente, ficou de arrasar, pq parece coisa de profissional!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. que linda ficou..e que diferente..parabens querida..bjus..

    ResponderExcluir
  4. Geente que torta lindaaaaa!
    Deve ter ficado maravilhoso sabor.

    Bj e bom feriadão
    Gra

    ResponderExcluir
  5. Esta torta é linda e não canso de olharrrrr.
    Bjsssssss

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin