segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Sandkuchen


Gente, o que fazer, quando temos um ingrediente que não usamos para nada enchendo no armário? Há alguns meses atrás eu comprei um pacote de fécula de batata, para testar uma receita de nhoque alemão. Desde então fiquei com esse pacote aqui rolando. Conversando com a minha irmã, ela até me indicou uma receita de biscoitos bacana, mas o tempo aqui não está propício para assar biscoitos. Gosto mais de fazê-los no Outono ou Inverno. Então como um estalo lembrei-me do Sandkuchen! EUREKA!

Sandkuchen (Bolo de Areia) é um bolo tradicional alemão. "E daí? Parece mais um bolo simples" _ alguém vai comentar. Não. Apesar de parecer, ele não é daquele tipo de bolo que estamos acostumados! Sim, ele não deixa de ser um bolo simples, mas tem uma textura própria, que infelizmente a foto não reproduz, que faz com que seja especial. A começar pela crosta, que é firme e açucarada e o miolo que tem textura de espuma e é compacto, mas aerado e leve. Lembra um pouco a conhecida "Brevidade". É um receita antiga, daquelas que leva muita gordura... mas não adianta substituir, infelizmente. O interessante também é a feitura do bolo, o que aliás, foi o que mais me instigou a fazê-lo. No entanto é fácil de fazer e perfeito para acompanhar um cafezinho ou chá! O resto cabe ao gosto pessoal, claro. Meu marido, que não gosta geralmente de bolos, gosta muito deste! Vai entender.... :) Boa semana para todos e semana que vem tem mais novidades aqui!

SANDKUCHEN
Fonte: Chefkoch
Rendimento: 1 forma para bolo inglês 25cm(se quiser bem alto) ou 30cm

Ingredientes:
250 gr. de margarina
3 ovos
200 gr. de açúcar
1/2 colher de sopa de açúcar baunilhado (1/2 pacotinho)
250 gr. de fécula de batata*
1 colher de sopa de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento químico

Opcional:
25 gr. de manteiga derretida para pincelar
açúcar de confeiteiro para polvilhar

* A fécula pode ser substituída pelo amido de milho (também conhecido como maizena)

Instruções:
(Atenção, não pré-aquecer o forno!)
Coloque a margarina para derreter e deixe-a ferver por uns minutos. Retire do fogo deixe esfriar um pouco e reserve.

Em um recipiente, misture a fécula de batata, o açúcar baunilhado, a farinha de trigo e o fermento. Reserve. Em um outro recipiente, bata os ovos inteiros com o açúcar até formar uma massa clara e fofa. Adicione agora, aos poucos, a mistura da farinha, até formar uma massa homogênea. Depois vai colocando também aos poucos, a margarina fervida, sempre batendo e incorporando-a até adicionar mais um pouco. Repetir o processo até que a margarina acabe. E a mistura esteja lisa e homogênea.

Prepare a forma para bolo inglês, pincelando com margarinha e forrando com papel manteiga. Coloque a massa aí e leve o bolo para assar em forno frio, usando a temperatura de 170ºC. Asse-o por 1 hora, ou até ficar moreno por cima (faça o teste do palito). Desligue o forno e deixe-o lá até esfriar ou pelo menos por 30minutos. Sirva-o morno ou frio. Normalmente é servido frio e o bolo ainda fica muito bom no dia seguinte! Bom apetite!



6 comentários:

  1. Adoro bolos feitos com fécula de batata, ficam super fofos e muito saborosos :)

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca fiz nada com fécula de batata, mas só pode ser bom!
    Mesmo que fosse um bolinho simples, eu iria adorar!
    Eu gosto de bolos de todo jeito e este ficou muito apetitoso!
    Bjs:)

    ResponderExcluir
  3. Que bom que tenho fécula de batata perdida tb...
    Amanhã no feriado da Independência do Brasil vou fazer este bolinho!!

    Beijos.
    Dri.

    ResponderExcluir
  4. Também tenho fécula de batata para ser gasta.
    Este bolo tem uma preparação pouco convencional.
    No entanto não aprecio massas areadas, não sei se esta tem alguma coisa a ver. mesmo assim a foto é tentadora.

    ResponderExcluir
  5. Uma delicia. Tambám gosto muito de usar fécula de batata.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Poxa, eu nem acredito na coincidencia!
    Pq eu tb tenho 2 pacotes de fécula de batata estacionados na minha despensa, sem usar.
    Tinha comprado para testar fazer pao de queijo mineiro com ela, na falta do polvilho, como tinha visto em um blog.
    E como ODEIO desperdicio, ja arquivei esta sua boa dica. Além de ficar imaginando a tal da textura deste bolo: huuuum...
    Bjs!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin