sábado, 30 de maio de 2009

Napfkuchen à alemã

Eu gosto muito de uvas-passas! Quando éramos crianças, eu e minha irmã costumávamos comprar aquelas caixinhas vermelhas de uvas-passas californianas no cinema, para comê-las durante a sessão. Não me lembro de algum dia ter comido bolo com passas feito pela minha mãe ou familiares (não conheço nehum bolo tradicional brasileiro que as leve). Só me lembro que gostava tanto do Panetone por causa das passas que fazem parte da massa... Ah, e nas padarias encontrávamos aquelas "tranças" de pão-doce também com passas. Engraçado que com o tempo fiquei consciente que sou uva-passa-maníaca! :-)

Na Alemanha há este famoso bolo chamado Napfkuchen* (pronuncia-se "Napfcúrren"), que eu adoro, mas faço raramente, pois o marido não gosta de passas... aliás notei que há um certo grupinho minoritário, que simplesmente as detesta, o que me leva a hesitar também a oferecer este bolo num encontro. Segundo a minha pequena enciclopédia culinária, o Napfkuchen Alemão é um bolo tipicamente feito com queijo Quark e por isso conhecido também em algumas regiões como Topfkuchen (Topf é sinônimo de Quark). Tipicamente ele contém as deliciosas passas e, dependendo da região, é levedado com o fermento químico ou fermento biológico. Esta receita aqui resulta num bolo muito macio e é, para os fãs de uvas-passas como eu, um manjar dos deuses!

*Napfkuchen, também conhecido como Gugelhupf ou Kugelhupf, etc. É um bolo tradicional na Europa Centrarl e apresenta diferenças regionais, não só no que se refere à grafia do nome, mas também aos ingredientes usados e modo de fazer. Há várias receitas diferentes por aí, mas vi uma muito boa e completamente diferente desta, no blog Pão, Bolos e Cia


NAPFKUCHENfonte: Chefkoch
Ingredientes:
150 gr. manteiga amolecida
225 açúcar
2 ovos
250 gr. queijo Quark com 40% de gordura**
400 gr. farinha de trigo
15 gr. (4 de colheres de chá rasas) de fermento químico
100 gr. passas negras
1 pitada de sal
casca de limão ralada, à gosto
açúcar de confeiteiro para polvilhar

** Usei um queijo Quark com 20% de gordura. Acho que poderia também ser substituído por queijo philadélphia light(19%) ou balance(44%), pois o tradicional tem 64% de gordura!!!


Instruções:
Pré-aqueça o forno à 170ºC. Untar e enfarinhar uma forma própria para Napfkuchen de 22 cm, ou uma forma com buraco no meio funda. Num recipiente, peneire a farinha, o sal e o fermento. Reserve.

Num outro recipiente, bata a manteiga com o açúcar até formar um creme claro e fofo. Acrescente os ovos um a um, batendo bem depois de cada adição. Adicione a casca de limão. Misture então o queijo Quark (se ele estiver empelotado, passe-o por uma peneira) e bata até formar uma massa lisa e uniforme. Agora acrescente a farinha aos poucos, batendo sempre para não empelotar. Se a massa estiver muito seca, acrescentar um pouquinho de leite, mas cuidado, pois a massa deve continuar conscistente. Por último, misture as passas e distribua a massa na forma.

Leve para assar por cerca de 50 minutos ou até ficar dourado por cima. Faça o teste do palito. Retire o bolo do forno e espere cerca de 10 minutos antes de desenformá-lç. Polvilhe-o com açúcar de confeiteiro e sirva. Servir no mesmo dia, pois no dia seguinte ele ficará ressecado. Bom apetite!


14 comentários:

  1. Nossa Deia,
    Você ainda se lembra daquelas passas na caixinha? Pois ainda tem por aqui!! Realmente ~bolo com passas dá um "tchan".

    Beijocas :D

    ResponderExcluir
  2. adorei sua lembrança das uvas passas em caixinha vermelha!!!..eu amava comprar na porta de cinema vendia!..e..era o tanto ideal para beiscar quando assitia um filme..otimas lembranças!!!amei você ter lembrado!!..gozado..eu numca mais vi assim!!....mas..amo bolos com uva passas fica maravilhoso...amei essa sua receita..bjus

    ResponderExcluir
  3. Olá Domingas!

    Quando era pequena odiava passas...comia a massa do bolo rei tirando cada passa que estivesse no meu caminho (o que é extremamente difícil pois o bolo tem mais passas que massa!...eheh) e ía coleccionando na borda do prato quaisquer passas que viessem de bónus com a minha comida.
    Com o tempo aprendi a gostar de muito mais coisas e embora não seja a maior apaixonada por passas, gosto delas e até me sabem bem! :)
    Esse bolinho com quark e passas deve ser óptimo e acredito que faça um belo manjar!:)... ficou lindo!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Queridas,

    Obrigada pelas visitas! Pois eu acho que andei surpreendendo vocês com a minha memória de elefante, não é? Hehe

    Leonor: conheço bem estes "pestinhas" :) que arrancam as pobres passas dos bolos!

    Gente, procurando uma foto para fazer um "link" no meu post, fui parar num post antigo do blog da Fer! Lá soube que o fabricante mudou o desenho da caixinha famosa das uvas-passas californianas! Quem quiser saber mais sobre estas passas, dê uma olhada, visite o post dela copiando o link abaixo:

    http://www.chucrutecomsalsicha.com/archives/2006/04/novo_como_uma_uva_passa.html

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Ficou um bolo muito bonito.
    Eu adoro passas, mas cá em casa tenho um "pestinha" que tira as passas todas dos doces, até mete impressão!!!

    ResponderExcluir
  6. Belo bolo que você fez, fiquei com vontade de experimentar.Está maravilhoso, uma fatia com um chá
    quentinho, não precisa mais.
    Edilia

    ResponderExcluir
  7. Quando eu era criança não gostava de passas, mas agora eu gosto muito e uso bastante nos meus bolos e pães.
    O bolo parece super fofo e deve ser maravilhoso.
    Infelizmente nem sempre podemos agradar a todos. Eu me encanto com coisas super simples, do dia a dia.
    Viveria super feliz apenas comendo pães, queijos, frutas e chocolate.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  8. Estou com vc: adoro uva passa!
    E tb era uma festa por as maos naquelas caixinhas vermelhas...
    Boa lembrança esta sua!
    Costumo colocar uvas passas em tudo, se me for possivel, rss.
    E tb ameixas secas.
    O seu bolo ficou lindo mas, como sempre, de pronuncia indigesta...!
    Hihihi.
    Bjs, Andrea!

    ResponderExcluir
  9. Só mesmo uma tremenda falta de tempo (e minha desorganização, admito) é que me têm levado a perder coisas tão boas como essas que são publicadas nesse blog. Esse bolo então está maravilhoso (e até consegui vê-lo embrulhado para presente, em papel transparente!). Já vou copiar a receita. Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  10. Andreia, adorei o seu bolo, não sou muito fã de passas em exagero, mas gosto!
    Fiquei muito sensibilizada com o seu comentário de que se tinha entusiasmado com os meus trabalhos e tirado a sua máquina do armário. Ganhei o meu dia e me sinto orgulhosa de poder ter dado algum incentivo bom a alguém, tão longe e que nem conheço!
    Bom fim de semana! :)

    ResponderExcluir
  11. A receita é diferente da minha, e por isso mesmo tenho de experimentar. Gosto destes bolos-pão. Este tem uma grande vantagem é levar fermento químico, pelo que dispensa o levedar.
    Vou anotar.

    ResponderExcluir
  12. Também gosto de bolo com passas, já meu esposo não gosta muito não.
    Deve ter ficado uma delícia esse bolo!



    Beijão e ótimo fim de semana

    ResponderExcluir
  13. Ficou lindo além de bem apetitoso, bjs.

    ResponderExcluir
  14. Não deixe de visitar o site da mais nova grife de doces.

    www.albaciodolceria.blogspot.com

    Lá você vai encontrar mais de 30 sabores do docinho que é mania nacional - o brigadeiro.

    Delicie-se!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin