domingo, 24 de maio de 2009

Fudge Brasileirinho



O fudge nada mais é do que um doce-de-leite de cortar, bem amanteigado! Quando criança, gostava muito de doce de leite duro, que vinha embaladinho num papel celofane e era vendido em supermercados e lojas de doces. Era industrializado e, provavelmente só tinha gosto de açúcar, mas eu gostava e pronto! Já havia me esquecido desse assunto até que uma amiga, conhecida por não gostar de doces muito doces, veio de Londres falando muito bem dos fudges que provou por lá! Nunca tentei fazer o fudge, porque ainda não tenho um termômetro culinário e sei que é complicado acertar o ponto do doce sem controlar a sua temperatura. Já havia desistido há muito tempo, apesar de ver fotos em outros blogs, que davam água na boca, mas fazer o quê? Até que este dia chegou! O milagroso leite condensado e o microondas veio salvar-me das garras do equipamento profissional! :-) Fiquei entusiasmada e, por sorte, tinha o ingrediente me casa! Corri, misturei, coloquei no forno e PLIN! Derramei numa tijela, esperei uns minutinhos, cortei os pedacinhos e... humm!

Tenho que confessar que a receita carece de uns ajustes e, vai depender da potência do seu microondas para acertar os minutos. Nas próximas vezes, quero fazer sabores diferentes, como nozes, licor, lavanda etc. É uma receita básica e flexível, mas o melhor, é deliciosa e muito rápida! Beijos!


FUDGE DE MICROONDAS
Fonte: Thinking about food

Ingredientes:
100 gramas de manteiga
1 xícara* de açúcar
1 lata de leite condensado
1 colher de chá de Karo** (usei água)
2 colheres de chá de essência de baunilha ou à gosto

*xícara = 240 ml
** originalmente "golden sirup"


Instruções:
Separe uma forma quadrada de 20 cm (usei uma retangular maior) e unte com óleo. Se quiser, forrar com papel manteiga. Reserve.

Misture todos os ingredientes, exceto a baunilha, num recipiente grande que pode ir ao microondas. Cuidado! Esse recipiente deve ser bem grande e fundo, pois creme chega à alta temperatura de sobe. A temperatura usada vai depender de cada forno. Eu aconselharia usar uma anterior à mais alta. Use luvas para retirar o recipiente do forno! Certo, então vamos começar: cozinhe a mistura primeiramente por 1 minuto. Retire do forno e mexa. Agora cozinhe por dois minutos. Retire e mexa. Repita até ver que no centro vai se formar uma cor caramelizada. Pare aí! Mexa energicamente e o caramelo ficará homogêneo conforme esfria, junte a baunilha e misture. Derrame-o na forma preparada e assim que começar a endurecer, corte logo em quadrados (eu esperei demais e ficou quebradiço). Espere esfriar completamente e guarde num recipiente bem fechado.

Dica:
A receita original pedia para usar a temperatura máxima e repetir o cozimento até completar 10 minutos. Só que com a temperatura tão alta, o meu ficou pronto em 5 minutos e acho que um pouco mais, queimaria. Portanto, cuidado! Faça com a temperatura um pouco mais baixa e controle o cozimento.


23 comentários:

  1. Eu adoro doce de leite,e esta receita
    aguçou a minha vontade de comer,poque esta lindo o doce na foto.Parabens
    Edilia

    ResponderExcluir
  2. É mesmo difícil fazer uma receita sem os materiais necessários mas o microondas parece resolver esse detalhe :) Eu nunca comi fudge e prefiro os doces menos doces senão enjoo muito rápido :)

    ResponderExcluir
  3. Olá Domingas!

    Esses quadradinhos de fudge íam encaixar direitinhos dentro da minha boca...que aspecto bom!!!
    Que bom que conseguiu finalmente fazer a receita e obrigada por a partilhar connosco!:)

    Não sabia o que era Karo...tem o mesmo que xarope de glucose, não? Não fará diferença substitui-lo apenas por água?

    Um beijinho!!

    ResponderExcluir
  4. Olá queridas!
    Obrigada pelas visitas!

    Leonor: eu acho que o Karo é o mesmo que xarope de glicose, mas não tenho certeza absoluta.
    Tive que confessar que usei água, porque não tinha o ingrediente em casa... bem foi muita bravura da minha parte e, se ficou diferente, tenho que conferir da próxima vez! Gostei tanto do doce que vou comprar o xarope e deixar na dispensa, para a próxima tentativa! ;-)

    Beijos,

    ResponderExcluir
  5. Oi domingas, obrigada pela visita ao meu blog e aos comentários. Gostei bastante das suas receitas.Parabéns. Voltarei ta bom?

    ResponderExcluir
  6. Andrea merci pela receita!
    Vou fazer amanhã mesmo para minha troupe que anda como formiguinhas atrás de doces e ainda mato a saudade dos docinhos que comprava na feira lá no Brasil... ;-)
    Bisous,
    Ana de Bruxelas

    p.s.:
    Karo = glicose e açucar invertido = xarope de glucose

    aí segue o link:
    http://www.unilever.com.br/ourbrands/foods/karo.asp

    ResponderExcluir
  7. Olá Domingas, mais uma vez,

    Já vi que o meu comentário saiu uma trapalhada...mas entre o escreve e apaga ficou "tem o mesmo que xarope de glucose" em vez de "é o mesmo que xarope de glucose"...ups! eheheh!

    O que importa é que entendeu a minha pergunta e queria agradecer a sua resposta!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  8. Lembra o doce de leite em barra que é tradição em Minas Gerais!
    Uma delícia ;D

    Bjos.

    ResponderExcluir
  9. Fudges são muito populares aqui nos EUA. São servidos como sobremesa em jantares informais inclusive.
    Esta receita é bem diferente das que conheço. Tenho uma da Rachel Ray no meu blog muito boa de fudge.
    Não vai no micro ondas e é super fácil de fazer. Cozinha em apenas 5 minutos, dai é só por na geladeira para firmar.
    A minha foto está feia, tenho que atualizar, mas dá para se ter uma idéia de como fica.
    Faz tempo que não faço. Deixo para época de festa já que é muito calórica.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  10. Andrea, partilho tudo que vc disse destes docinhos de leite de morder...
    O meu preferido era aquele meio caminho com uma bala toffee, rss.
    Aqui, nao tem, obvio, mas me esbaldei qdo fui na Bèlgica e no Tirol.
    Mas vc teria idéia se eu poderia usar leite comum mm...?
    Pq sabe como é: sempre o problema da matéria prima.
    Boa semana!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Lindo que ficou o doce de leite, nunca fiz poe acaso mas há uma primeira x para tudo não é mesmo? beijinho boa semana.

    ResponderExcluir
  12. Oi pessoal,

    Para todos que têm como a Clau, problemas em encontrar o leite condensado, aqui vai uma receita caseira! Já utilizei para fazer brigadeiro e deu certo!

    LEITE CONDENSADO CASEIRO:

    - 1 xícara (200 ml) de leite em pó
    - 2 xícaras de açúcar (ou um pouco menos se preferir)
    - 1 xícara de leite.

    Bata tudo no liquidificador e utilize para receitas com leite condensado.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  13. Andrea espero que gostes da Fudge e do Quindim, se fizeres. Não tem erro mesmo: São super fáceis e rápidos de fazer e ficam maravilhosos.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  14. Andrea, adorei, adoro doce de leite e fudge e este de microondas de fato facilita a vida da cozinheira :)

    ResponderExcluir
  15. Domingas, meu marido estava pedindo doce de leite de cortar essa semana mesmo... Vou fazer com certeza! Bj.

    ResponderExcluir
  16. Eu fiz! eu fiz!
    também tive dificuldade para cortar e os meus ficaram feinhos mas deliciosos!!!
    Merci Andrea!!! ;-)
    Bisous,

    ResponderExcluir
  17. Oi Ana!
    Fiquei muito feliz pela sua bem sucedida tentativa! Eu achei os seus fudges maravilhosos!

    Quem puder dê uma passada no blog da Ana, pois ela tem fotos do passo-a-passo:

    http://fruitdemapassion.wordpress.com/

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Acabei de fazer esta receita agora pouco... o truque está no modo de aquecimento do micro ondas, tem um modo que ele infla e desinfla a massa kkk e não transborda, pus várias vezes pq fui descobrindo primeiro, e eu tinha colocado antes num pote menor, então eu tinha que ficar 30 segundos e desinflando, até eu entender que não ia dar certo se eu não passasse pra maior, nossa estufa vira uma coisa mesmo tipo no filme "The Thing" 1985? kkkk

    ah eu não sabia o q fazer com o leite condensado, usei um de caixinha, mas acho q o moça ficaria melhor ainda... por sorte eu tinha a essência de baunilha! e quanto ao karo, pus a micro colher de agua igual vc... afinal acho q é alo meio irrelevante da receita? não sei.. não sei que efeito daria heheh, mas karo é mto karo, e ia usar so uma micro colher também...

    Na segunda vez que tirei a massa já marrom, e que ela estava bizarra tipo fungando bolhas de ar numa textura anormal, pensei, deve estar bom!
    Pus a essência, girei girei e girei, virou uma massa de modelar - com uma colherada consegui botar na forma... ai fui batendo tipo massa de parede pra ficar reto, ai peguei a faca sem serra mas de cortar, e com facilidade desenhei os cubos parecia massa de modelar super facil e não grudava nem precisava do óleo...

    Ficou ótimo o povo curtiu! Obrigado por compartilhar, fácil de fazer, textura interessante... da próxima vez vou por direto no modo q infla e desinfla, nao sei o q mudaria, já que cozinhei ela muitas vezes pouco tempo experimentando o tamanho do pote e potência, não sei se isso modificou pra pior ou melhor... enfim falei demais, curti o experimento científico de doces radioativados.

    Estou enviando uma foto só para encher o saco...
    http://twitpic.com/cnpsyu

    ResponderExcluir
  19. Vander, você não encheu o saco não! kkkk Curti demais ver a sua foto, obrigada! Ficaram muito apetitosos e com a mesma textura dos meus! Você fez tudo direitinho e se saiu melhor do que um confeiteiro!

    Ainda tenho que pesquisar se o meu microondas tem esse modo de "infla-desinfla", mas acredito que não tenha... Vou procurar o manual. Obrigada pela dica!

    Bjs e volte sempre!


    ResponderExcluir
  20. hehe, não é um modo explícito, é o botão genérico do +1 minuto... creio q cada micro ondas tenha uma potência e comportamento diferentes, mas eu achava que o modo aquecer por gramas era mais brando e trocando de marchas, mas ele tava inflando ate transbordar (se eu não mandasse parar), e o +1 minuto q eu achava q era mais forte fez esse infla-desinfla, mas pode ser que seja pq o +1 minuto seja mais forte mesmo! a ponto q a a bolha da inflada exploda de tao quente... não sei... a meleca fica parecendo uma máquina de lavar, infla/desinfla com espiral e fica nesse ciclo kkk

    Ainda to comendo, é bem dooooce mesmo kk, mas sei que o sabor seria melhor se fosse o leite condensado moça... ele não tem o gosto de papelão ransoso amador...

    Você já comeu aquele da vaquinha que vende no mercado? um tabletinho pqno num saquinho meio transparente? é boooom...

    Bem, eu não sei se desliguei na hora certa... ou se dava pra "torrar" mais... ele ficou uma consistência tipo daqueles doces de amendoim macios... o seu por acaso ficou com alguma "casquinha" por fora? ou vc acha q o karo faria este efeito? ou estou falando bobagem e precisaria de máquinas magicas industriais?

    ResponderExcluir
  21. Fiz de novo... kkk
    Mas... com leite MOOOOÇÇÇÇÇÇÇÇÇÇÇAAAAAAAAAAAAAAA = outra história

    e ao invés da manteiga sem sal (fui inventar)... usei a normal com sal.. muito melhor... que dizem ser o charme do brigadeiro né... rs quebrou o doce exagerado... pq esse docinho é doce em...

    o ponto é quando fica o caramelo escuro mesmo no meio, q da até medo de queimar...

    nem precisa untar o inox, espera esfriar um pouco na bandeija de plástico enquanto vc mexe a baunilha... ele vira uma massa de modelar e sai duma vez...

    o único intempérie foi que soltou uma pitadinha de plástico do fundo do pote... kkkk... mas nada demais não... ia ser bom um pote que não desse esse problema... ou ir com mais calma, ao invés de 4 paradas, umas 7... sei lá...
    abçs.

    ResponderExcluir
  22. Vander,

    Parabéns pelos experimentos. Você tem razão: uma pitadinha de sal pode fazer toda a diferença! Obrigada pelas dicas e continue assim, sem medos de experimentos! :)

    Bjs

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin