domingo, 2 de novembro de 2008

A Odisséia das Maçãs



Bem, para quem ainda não notou, gosto de apresentar aqui receitas interessantes e simples, que se possível sejam também práticas e econômicas. Eu não estou aqui para mostrar a minha habilidade, e nem treinamento, mesmo porque não tenho nenhum. Por isso é um pouco estranho para mim mostrar coisas mais complicadas, que tive quer fazer para dar conta de 10 kilos (!) de maçãs, que ganhei de uma conhecida. Sendo assim, esse post é mais informativo e vai conter ingrediente que não está disponível em todo o lugar.

Inspirada por uma colega, decidi fazer uma gelee de maçãs pela primeira vez! Aqui na Alemanha há distinções entre as geléias. Primeiramente, eles usam a palavra Marmelade, para designar geléias feitas só com a poupa de frutos cítricos. Já Konfitüre, descreve as geleias feitas com a poupa de outras frutas. Para finalizar, há a Gelee, que são as geléias feitas apenas com o suco clarificado das frutas(lembrando um pouco as nossas geléias de mocotó)! Existe uma aparelho especial para extrair o suco clarificado das frutas, mas como eu não tenho este, bem, tive que fazer pelo método mais rústico e tradicional. Deu uma trabalheira danada, mas valeu a pena!

Outra informação importante para esta receita é sobre o açúcar especial para geléias, que há por aqui. Estranhei a princípio, mas li que este açúcar é altamente recomendado, pois evita que as frutas cozinhem por muito tempo, preservando as vitaminas nelas contidas. O que é bacana é que se pode escolher o quão doce você quer a sua geléia. Há o açúcar chamado 1:1(um kilo de fruta para um quilo de açúcar), o 2:1(um quilo de fruta, para meio kilo de açúcar) e o 3:1(um e meio quilo de fruta para meio quilo de açúcar). Eu já fiz várias geléias e dá certinho, são deliciosas e, usando-se corretamente o vidro especial para geléia, podem ser preservadas por até um ano. No meu caso, nunca durou mais que uns meses! :D Na foto, acompanhando a gelee de maçã, estão os deliciosos bolinhos de maçã do Renato, que vocês encontram aqui.

GELEE DE MAÇÃ
(a mesma técnica rústica pode ser usada para fazer gelee de marmelo)

Instruções: Tire os caroços e pevides das maçãs, pese-as. Corte-as em quatro ou mais fatias,. Numa panela bem grande, coloque um pouco de água só para cobrir o fundo, e coza as maçãs aí até ficarem macias, or cerca de meia hora. Dependendo da quantidade, pode-se levar mais tempo e de vez em quando é bom mexer um pouco para espalhar os pedaços mais duros no fundo. Depois de cozidas, deixe esfriar.

Para tirar o suco claro, originalmente colocava-se um tecido de tramas largas, com cada ponta amarrada nas pernas de um banco sem encosto, virado de cabeça para baixo. Aí colocava-se uma panela embaixo e as maçãs eram colocadas nos tecidos e ficavam escorrendo o suco durante toda a noite. Quem tem este tempo hoje? Eu usei uma peneia grande e cobri com um tecido de fino de tramas largas. Fui mexendo devagarinho, de vez em quando dava uma pausa e deixava escorrei sozinho e assim foi por horas. É importante não pressionar muito a poupa, ou o suco não será mais claro. A princípio o suco parece embaçado, mas é assim mesmo. Agora, deve-se medir a quantidade de suco obtida e calcular a quantidade de açúcar para geléias. Eu uso sempre o tipo 2:1, que ainda é docinho, mas não exageradamente. Levar o suco e o açúcar ao fogo, seguindo as instruções da embalagem. Eu adicionei um pouco de extrato de baunilha bourbon e ficou ótimo. Pode-se naturalmente acrescentar especiarias ou ervas. Enquanto isso, prepare os vidros para geléias, lavando-os bem, assim como as tampas, e os enchendo com água fervente. Pre-aqueça o forno a 150ºC, esvazie os vidros e leve-os para secar e esterelizar no forno. Use luvas protetoras. Quando a geléia estiver pronta e fervendo, retire os vidros do forno e os encha com a geléia. Tampe-os e vire de cabeça para baixo. Deixe assim por uns 10 minutos, para que saia o ar. Vire-os novamente e deixe esfriar. Podem ser agora guardados em lugar seco e freco.

Foi muito trabalhoso, mas vocês podem imaginar que delícia ficou! Beijos a todos e tenham uma boa semana!



15 comentários:

  1. Uma trabalheira... mas ficou com uma cor bonita e a consitência parece óptima. 10 kg de maça é realmente muita maça :)

    ResponderExcluir
  2. nossa que bacana ficar sabendo dessas diferenças de geleias e de açúcares...e belo visto o trabalhao avleu a pena!!bjs

    ResponderExcluir
  3. pois.... metes-te em cada uma ;-)) mas o trabalhao vale a pena. geleia sabe bem melhor do que konfitüre ou marmelada ;-) parabéns!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto de geleia e esta semana vou fazer de marmelos, uso as cascas e as pevides da fruta em vez da polpa, essa vai servir para marmelada.
    Ficou com cor óptima, costumo usar pectina para gelificar mas desta vez vou usar esse açúcar 2:1 que comprei.

    Ainda bem que gostaste dos bolinhos e combinam muito bem com a tua geleia.

    ResponderExcluir
  5. Tinha-me esquecido de dizer o que são as maçãs reinetas. São uma variedade de maçãs, um pouco ácidas com com polpa macia, enfarinhada, a casca é esverdeada-acastanhada, um pouco áspera, têm uma forma achatada. A sua polpa é óptima para tartes porque faz puré facilmente e por ser pouco doce faz contraste com outros recheios, caldas e molhos. Vê aqui.

    ResponderExcluir
  6. Trabalheira recompensada!
    Nada como você olhar pra algo elaborado assim e saber que foi você quem fez!
    Eu iria gostar muito desses açúcar.
    Kisss^^

    ResponderExcluir
  7. Ficou com uma carinha ótima!
    Se deu trabalho, mas ficou gostoso, valeu a pena!
    Dez quilos? É bastante mesmo!
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  8. Oi Deia,
    Deu trabalho mas ficou maravilhoso. Eu que amo geléia de mocotó, estou aqui com água na boca.
    Beijocas ;D
    dri.

    ResponderExcluir
  9. Maça é realmente uma delícia, esse açúcar especial para é uma maravilha, só em conservar as vitaminas das frutas. Adorei sua postagem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. o açúcar é de cana-de-açúcar? de beterraba?

    adorei conhecer os açúcares e tipos de geléias...

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  11. ...tb eu passei fazendo conservas nestes ultimos tempos:... ufa!
    Trabalhoso, sim, mas nao dificil. Pq basta seguir as regrinhas basicas e via.
    E este açucar é mm uma mao na roda, nao é mm?
    Vou anotar esta sua receitinha de cara tanto boa!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Oi pessoal! Pois é, o post ficou um pouco incompleto, devido à minha canseira! E olha que não fiz toda a quantidade de maçãs. Com o resto fiz outras coisas loucas também... conto da próxima vez!

    A Laurinha fez uma pergunta pertinente. O açúcar normal aqui é feito da beterraba e é cristalizado(soa estranho, mas ele é muito bom)! Por isso mesmo, acredito que a base para o açúcar de geléia seja este mesmo o açúcar de beterraba. Além do mais, olhei no rótulo e adicionado ao açúcar está também uma "base gelatinosa", uma "base ácida", pectina e como conservantes estão o Calium-sorbato(?) e óleo de dendê(ou espécie), endurecido. A aparência deste açúcar para gelatinas é como a do açúcar granulado, só que fosca. Realmente é ótimo e recomendo à todos!
    Beijos e obrigada por aturar as minhas aventuras culinárias! :)

    ResponderExcluir
  13. Ah, Renato, muito obrigada pelas informaçóes sobre a maçã reineta! Realmente não a conhecia! Muito interessante!
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Boa noite!!

    Isso é que foi mesmo uma odisseia!
    Os bolinhos e a geleia fizeram um par perfeito e delicioso!:)
    Com tanto empenho e dedicação,essa geleia devia estar maravilhosa!

    Beijos!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin