terça-feira, 15 de julho de 2008

Doce de Banana em Rodinhas


-->
A Luna do blog Quiche de Macaxeira lançou um evento tão bacana, que tive que arrumar um tempinho para participar! A minha contribuição é modesta, já que a receita não é tão original assim, mas foi a primeira vez que fiz este doce e fiquei muito impressionada com o fácil preparo! Recentemente reli alguns livros do Jorge Amado e me apaixonei ainda mais, se é possível, por suas estórias, tão cheias do espírito do povo brasileiro! Sem falar nas iguarias sempre presentes nos textos, que nos dão água na boca durante a leitura! :-) No livro Gabriela Cravo e Canela, Seu Nacib, dono de um bar em Ilhéus(Bahia), contrata Gabriela como cozinheira, mesmo duvidando do seu talento, já que ela é uma moça jovem e bonita, migrante faminta, vinda do interior do Nordeste. No trecho abaixo, ele exprerimenta pela primeira vez, o almoço feito por Grabriela:

....................
Chico Moleza chegava com o almoço. Nacib abandonou o balcão, instalou-se numa das mesas, amarrando um guardanapo no pescoço:
__ Vamos ver que tal a cozinheira...
__ A nova?__ Tonico aproximou-se curioso.
__ Nunca vi morena tão bonita!__ Chico Moleza deixava as palavras rolarem preguiçosamente.
__ E você me disse que era uma bruxa, seu árabe sem vergonha. Escondendo a verdade de seu amigo, hem?
Nacib destampava a marmita, separava os pratos.
__ Oh! __ Exclamava ante o aroma a exalar-se da galinha de cabidela, da carne de sol assada, do arroz, do feijão, do doce de banana em rodinhas.
..................

DOCE DE BANANA EM RODINHAS
Fonte (adaptada):Neusa Maria Fonseca Estrella (para o Mais Você)
Ingredientes:
1 kg de banana prata bem madura*
500 ml de água
500 gr. de açúcar
Canela em pau e Cravo à gosto(usei os dois em pó)
* Como não encontro banana prata onde moro, usei a comum(conhecida como Banana D'água no Rio) e elas não estavam maduras. No entanto, acho que neste caso não precisavam estar maduras, pois sendo a banana d'água bem mais mole do que a do tipo prata, desmancharia durante o cozimento.
Instruções:
Leve a água e o açúcar para ferver por mais ou menos 5 minutos. Retire do fogo e deixe a calda esfriar completamente! Atenção pois isto previne que as rodelas de banana se desmanchem.
Corte as bananas em rodelas finas e junte-as à calda. Leve para cozinhar em fogo baixo por cerca de 3 horas, sempre observando e "virando" as banans de tempos em tempos, até a calda quase secar. Tente não mexer com a colher. O melhor é sacudir a panela, quando quiser mover as rodelas de um lado para o outro. Deixe esfriar e sirva puro, com queijo fresco, chantilly, etc

8 comentários:

  1. até deve ser boa ,gosto de doces com bananas..jinhos

    ResponderExcluir
  2. Nossa Deia,
    Ficou idêntico ao da mamãe!!
    A cor então...perfeito!
    Beijos. Dri

    ResponderExcluir
  3. Adoreeeeeei essas rodinhas!
    O nome me fez rir bastante... nem sei por que.
    Adoro doce de banana^^
    Kisss^^

    ResponderExcluir
  4. Maravilhosa contribuição! Parabéns.

    Bj

    ResponderExcluir
  5. Andrea, adorei! Que bom que minha esticada de prazo fez você participar! Deu vontade desse doce... :D

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca tinha visto doce de banana, gostei da sugestão,e foi uma bela contribuição,bjs

    ResponderExcluir
  7. Ficou ótimo! Quanto mais simples melhor!
    Que legal teres participado. Eu tb participei com uma receitinha ultra simples. O que vale é o espírito da coisa.
    Eu tinha este livro no Brasil, mas nunca li todo. Na época fui "obrigada" a ler na escola, mas eu não queria, pois forçado é chato.
    Lendo este trechinho agora, gostei. Tentaria ler de novo.
    Bjs :)

    ResponderExcluir
  8. Adoro doce de bananas esta esta lindo,e parece muito delicioso!Bom fim de semana!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin